15 vilarejos isolados em que você vai querer comprar um lote

1. Com flores nas sacadas e ruas estreitas feitas de pedra, Eguisheim, na França, é um verdadeiro recanto de paz e sossego

(Reprodução/Bored Panda)

2. Enquanto São Paulo ostenta uma taxa de 7 396 habitantes por quilômetro quadrado, na cidade italiana de Bagnone, este índice é de apenas 28 pessoas

(Reprodução/Bored Panda)

3. Parece o Caribe, mas é a Suécia! A ilha de Gotland destoa totalmente do resto do país com suas praias de areia branquinha! Mas se engana quem pensa que o lugar é um paraíso tropical: nesta semana, por exemplo, em nenhum dia a temperatura vai superar os 18 °C

(Reprodução/Bored Panda)

4. Esta é uma das ilhas do arquipélago Vestmannaeyjar, na Islândia; vivem no conjunto de ilhas, ao todo, cerca de 2 mil habitantes

(Reprodução/Bored Panda)

5. Depois de terem sido abandonadas por seus moradores, as casas da ilha Goqui, na China, foram transformadas em incríveis espaços verdes pela natureza

(Reprodução/Bored Panda)

6. Bilbury é uma tranquila cidadezinha inglesa que fica a cerca de 140 km de Londres

(Reprodução/Bored Panda)

7. Gásaladur fica nas Ilhas Faroé, um arquipélago encravado no Altântico Norte entre a Escócia e a Islândia

(Reprodução/Bored Panda)

8. Rothenburg, na fronteira da Alemanha com a Polônia, é habitada por cerca de 10 mil pessoas

(Reprodução/Bored Panda)

9. Devido ao seu isolamento geográfico, Gokayama, no Japão, pouco mudou nos últimos séculos; as suas habitações tradicionais — consideradas Patrimônio Mundial pela UNESCO — conferem ao lugar um ar ainda mais bucólico

(Reprodução/Bored Panda)

10. Na Áustria há a pequena aldeia de Hallstatt, lar de menos de 1 mil pessoas

(Reprodução/Bored Panda)

11. Imune ao avanço da urbanização, Hamnoy é uma remota aldeia de pescadores na Noruega emoldurada pela beleza da aurora boreal 

(Reprodução/Bored Panda)

12. Em Monemvasia, na Grécia, é preciso ter cuidado para não achar que morreu e foi direito para o paraíso!

(Reprodução/Bored Panda)

13. Em 1993, a calmaria de Mostar, na Bósnia-Herzegovina, entrou em colapso quando seu principal cartão-postal, a ponte Stari Most, foi bombardeada por tropas croatas na Guerra da Iugoslávia; passados 15 anos, a ponte foi reconstruída e classificada como Patrimônio Mundial pela UNESCO

(Reprodução/Bored Panda)

14. Banhada pelo mar Mediterrâneo, Manarola é um refúgio de tranquilidade localizado na região italiana da Toscana

(Reprodução/Bored Panda)

15. A arquitetura das casas típicas de Alberobello, na Itália, com formato cilíndrico e cobertas com um telhado cônico, são a principal atração da pequena cidade do sul do país

(Reprodução/Bored Panda)

 

Fonte Megacurioso

Comments

Facebook Twitter Google+