18 fatos e curiosidades relacionadas com os deslumbrantes anéis de Saturno

1 – Nós, terráqueos, podemos ver cinco planetas a olho nu: Vênus, Mercúrio, Marte, Júpiter e Saturno. No entanto, os anéis do último só podem ser identificados por meio de telescópios;

NASA

2 – A primeira pessoa a apontar seu telescópio para Saturno foi Galileu Galilei, em 1610. Como seu equipamento não era dos melhores — comparado com a tecnologia de que dispomos hoje em dia —, em vez de anéis, Galileu disse ter visto estruturas parecidas com orelhas nas laterais do planeta;

Art UK

3 – Já a primeira pessoa a realmente ver e identificar os anéis de Saturno foi o astrônomo holandês Christiaan Huygens, em 1655, que acreditava que o planeta contava com um único anel sólido e plano ao seu redor;

The Famous People

4 – Na verdade, os anéis de Saturno são compostos por bilhões de fragmentos de rocha e gelo com dimensões que variam do tamanho de grãos de areia a pequenas montanhas;

Iscream Sundae

5 – Uma das teorias é que os anéis sejam resquícios de cometas, asteroides ou de luas que colidiram, e seus fragmentos acabaram ficando em órbita ao redor de Saturno;

Joe Bergeron

6 – Os anéis de Saturno se projetam a uma distância de 280 mil quilômetros da superfície, e suas espessuras variam entre os 10 metros e 1 quilômetro, aproximadamente;

Universe Today

7 – Eles foram batizados com letras do alfabeto, e sua ordem depende da data em que foram descobertos. Assim, o anel que fica mais próximo do planeta é o D e, depois dele, vem o C, o B, o A, o F, o G e o E. Além disso, também existem inúmeras estruturas e espaços que separam os anéis — e eles são responsáveis pela contagem das bandas estar na faixa dos milhares;

Nova Celestia

8 – No caso no anel A, existem dois espaços — o Encke e o Kepler — criados por pequenas luas que se encontram em órbita ali;

Daily Mail

9 – E entre os anéis A e B existe um espaço chamado “Divisão Cassini” que possui 4,7 mil quilômetros;

Daily Mail

10 – Voltando a falar nas luas, estima-se que Saturno tenha pelo menos 150 satélites — e que o segundo maior deles, Rhea, também possua anéis;

Earth Archives

11 – Aliás, alguns dos satélites de Saturno, principalmente Pandora e Prometeus, ajudam a manter os anéis contidos em suas órbitas, evitando que se expandam indefinidamente pelo espaço;

Practical Space

12 – Cada anel orbita ao redor de Saturno com uma velocidade diferente;

NASA

13 – Às vezes, os fragmentos presentes nos anéis se acumulam formando pilhas que podem chegar a cerca de 3 quilômetros de altura;

Universe Today

14 – Ademais, no anel F, que fica além do sistema principal de anéis de Saturno, existem deformações que levaram alguns cientistas a sugerir que podem existir pequenos satélites presos a essa estrutura — e que dão a impressão de que esse anel se encontra trançado;

Space Engine

15 – Saturno não é o único planeta do sistema solar com anéis. Júpiter, Netuno e Urano também possuem;

NASA

16 – Os anéis de um planeta também servem de registro de sua história, já que eles mostram evidências de asteroides e outras rochas espaciais que atravessam essas estruturas em suas rotas de colisão com a superfície;

National Geographic

17 – No caso dos cometas, eles podem deixar “buracos” enormes nos anéis quando os atravessam;

NASA

18 – Recentemente, astrônomos descobriram que Saturno possui um imenso anel que fica localizado entre 3,7 e 11,1 milhões de quilômetros da superfície, apresenta uma inclinação de 27 graus com respeito aos demais anéis e gira na direção oposta à dos outros.

Fonte Megacurioso

Comments

Facebook Twitter Google+