Bizarro: conheça o caso dos irmãos que são movidos a energia solar

Existe a turminha que se sente mais disposta durante o dia, e também a que prefere a noite. Mas você já ouviu falar de pessoas que simplesmente “apagam” completamente em um período ou outro? Esse é o caso de Shoaib, Rashid e Ilyas, três irmãos paquistaneses de 13, 9 e 1 ano de idade, respectivamente, que, quando o sol cai, ficam totalmente paralisados.

O trio ganhou o apelido de “meninos solares” no Paquistão e, segundo os pais dos meninos, eles são completamente normais e ativos durante o dia. Eles acordam com os primeiros raios solares, ajudam com os afazeres domésticos, brincam, vão para a escola normalmente, e se dedicam a fazer coisas normais para crianças de sua idade.

Meninos paralisados

Contudo, conforme o sol se põe, seus níveis de energia vão caindo até que eles entram em estado vegetativo. Curiosamente, os meninos têm outros três irmãos — duas meninas e um garoto — e eles não sofrem da mesma condição misteriosa.

Bateria esgotada

Os irmãos chegaram a ser avaliados por equipes médicas, que os mantiveram em quartos escuros durante o dia, mas nenhum sintoma estranho foi verificado. Além disso, os meninos não “apagam” quando está chovendo ou nublado — o efeito só acontece ao anoitecer — e, de acordo com os pais dos garotos, eles apresentam essa curiosa condição desde que nasceram, o que os levou a acreditar que o trio depende da energia solar para “funcionar”.

Caso dos irmãos chama a atenção de especialistas

A história chamou a atenção de vários especialistas, e não existem registros de casos semelhantes na literatura médica. Sendo assim, ninguém sabe explicar o que provoca a condição, mas, aparentemente, ela indica que, de alguma forma, os organismos dos meninos apresentam algum tipo de sincronia com o movimento do Sol.

Recentemente, dois dos meninos, Shoaib e Rashid, foram levados a um centro médico de Islamabad, capital do país, onde estão passando por uma série de testes e tratamentos. Segundo algumas fontes, os exames ainda continuam sendo conduzidos para determinar exatamente o que provoca o problema e, assim, definir a melhor abordagem. Por sorte, os irmãos já conseguiram se mover durante a noite pela primeira vez há alguns dias. E você, o que acha do caso?

 

Fonte Megacurioso

Comments

Facebook Twitter Google+